15h14 08/08/2017
Arsenal estuda proposta da Adidas, diz jornal inglês

O jornal inglês The Mirror noticiou que o Arsenal está considerando uma proposta da Adidas para se tornar fornecedora de uniformes dos Gunners. Atualmente, o time alvirrubro é vestido pela Puma e tem acordo com a marca até o ano de 2019.

No entanto, o acordo assinado entre as partes em 2014 tem realmente um preço muito defasado em relação aos recentes contratos no Campeonato Ingles. O acordo foi de 30 milhões de libras por ano, menos da metade do que o Manchester United recebe da Adidas, por exemplo.

Os Diabos Vermelhos ganham uma quantia de 75 milhões de libras (R$ 377 milhões) por ano da marca alemã até 2025, mas esse valor depende muito de metas obtidas (como conquistas de torneios) e costuma variar bem para baixo.

De acordo com o The Mirror, esse valor de 30 milhões de libras teria a expectativa de ser dobrado em seu valor para o acerto com a Adidas e poderia ocorrer um rompimento com a Puma parecido com o que houve com o Chelsea, que teve de pagar uma multa contratual com a Adidas, mas assinou com a Nike por um valor bem maior e acabou tendo um custo-benefício melhor em termos de dinheiro.

O Chelsea teve de pagar uma multa de 67 milhões de libras para encerrar, de forma antecipada, sua parceria com a Adidas.

De qualquer forma, o Arsenal é um dos clubes mais importantes para a Puma, e a marca alemã não deve abrir mão facilmente do seu principal ativo na Inglaterra. Os Gunners têm jogadores patrocinados pela Puma, como o atacante Giroud, e isso dá um poder maior de divulgação à marca felina.





últimas notícias

veja todas as notícias