12h23 20/04/2017
Dybala, o novo desejo de patrocínio das marcas esportivas

Depois da disputa aberta para ver que marca esportiva iria patrocinar o francês Paul Pogba – vencida pela Adidas com um contrato milionário -, agora é a vez do jovem argentino Paulo Dybala aparecer no centro das atenções. Com seu contrato vencido com a Nike em fevereiro, o craque da Juventus vem sendo assediado pelas empresas e deve em breve fechar com uma nova parceira.

Dybala já apareceu inclusive no começo desta semana, antes da partida contra o Barça que eliminou o time catalão e classificou a equipe italiana para a semi da Champions, usando um par de tênis da Adidas chamado NMD. Isso pode ser um indicativo de que ele acertou com a marca alemã ou pode ser apenas um gosto pessoal do argentino por um sneaker, cujo par todo preto mostra um cuidado de Dybala em não mostrar uma marca da qual não é parceiro.

No jogo de quarta-feira contra o Barcelona, o argentino voltou a utilizar seu par de chuteiras Nike Mercurial Superfly V pintado de preto, como outros atletas não-patrocinados fazem também. A chuteira descaracterizada tem apenas um símbolo exposto: é o logo pessoal de Dybala, criado a partir do seu gesto de colocar a mão no rosto quando comemora gols.

Resta agora aguardar para ver qual o desfecho dessa disputa das marcas esportivas por Dybala. Sem Messi na reta final da Liga dos Campeões e com a rival Nike representada com Cristiano Ronaldo classificado pelo Real Madrid, a Adidas deve realmente colocar seus esforços para contratar o argentino. Além disso, vale lembrar que até a Puma tem seu ótimo representante na semi da Liga dos Campeões com o também classificado francês Griezmann, pelo Atlético de Madrid.

A Juve foi rápida e melhorou o contrato do argentino logo após sua excelente apresentação na partida de ida contra o Barcelona, quando ele fez dois gols.





últimas notícias

veja todas as notícias