10h53 19/03/2017
Terceira camisa do Figueirense para 2017 exalta luta contra racismo

O Figueirense lançou sua nova terceira camisa na cor preta para 2017 neste sábado durante sua partida pelo Campeonato Catarinense. O Figueira jogou o primeiro tempo e estreou a nova camisa 2 na cor branca, mas retornou para o segundo tempo com a nova camisa 3, de cor preta. A alternâncias das cores preto e branco foi uma campanha de alerta para a discriminação racial.

A terceira camisa do Figueirense, portanto, é totalmente preta com detalhes em branco e sai ao preço de R$ 249,99 (adulto) e R$ 229,99 na versão infantil. As três listras da Adidas estão na lateral. Um detalhe vale ser destacado no manto black: a gola V clássica tem uma linha na parte do ombro que geralmente não existem nos modelos de camisas da Adidas.

O terceiro uniforme foi apresentado após a exibição de um vídeo no estádio onde atletas Bruno Alves e Henrique Trevisan e ex-atletas Genilson e Abimael mostram a camisa e chamam a atenção para o Dia Internacional Pela Eliminação da Discriminação Racial, que acontece no próximo dia 21.

Ainda para incentivar o debate sobre a causa antes da partida, o clube realizou uma promoção de ingressos para torcedores. No momento da compra quem apareceu com uma camisa preta ou branca pode comprar ingressos por R$ 10,00.

“O novo manto do Figueirense representa uma luta pela igualdade. Não há espaço para o preconceito racial no esporte. Estamos felizes em conseguir aliar uma bela camisa com uma causa tão importante que é essa contra a discriminação racial. Esse novo uniforme certamente vai dar muito orgulho aos torcedores Alvinegros”, afirma Wilfredo Brillinger, presidente do Figueirense.

“A adidas sempre lutou e sempre lutará contra qualquer tipo preconceito. Está luta está no nosso DNA, desde quando nosso fundador Adi Dassler forneceu as sapatilhas de corrida do americano negro Jesse Owens em plena Alemanha nazista nos jogos de Berlim, em 1936. Atualmente temos orgulho em apoiar grandes atletas negros como Paul Pogba, James Harden, Gabriel Jesus, Tori Bowie, Yohan Blake, além de celebridades como Kanye West, Pharrel Williams e Snoop Dog. Portanto, quando a diretoria do Figueirense propôs lutar contra o preconceito, aceitamos com muito orgulho fazer parte da campanha, fornecendo um material de altíssima qualidade para uma causa tão importante”, finaliza André Xavier, gerente de produto da adidas.





últimas notícias

veja todas as notícias